54ª Assembleia Geral da CNBB

54cnbbDiocese SJC - Como todos os anos, duas semanas após a Páscoa, os Bispos Católicos do Brasil se reuniram na 54ª Assembleia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, em Aparecida, SP, junto do Santuário Nacional da Padroeira do Brasil.

Esta reunião anual é um sinal da unidade da Igreja do Brasil, representada em seus pastores, sucessores dos Apóstolos e responsáveis pela vida e ação da Igreja Católica no Brasil.

São dias de oração, de reflexão, de encontro, de estudos, de troca de experiências, de retiro, de planejamento e de convivência fraterna e pastoral. A reunião dura 10 dias, com celebrações da Eucaristia diárias no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, transmitidas pelos meios de comunicação para todo o país. Assim todas as famílias, comunidades e pessoas interessadas, podem acompanhar esta importante reunião anual que vai animando a vida de toda a Igreja Católica no Brasil.

São enviadas mensagens ao Santo Padre, a alguns cardeais, aos irmãos latino-americanos no Episcopado, ao povo brasileiro e a outras instituições, mostrando a ligação profunda dos Bispos do Brasil com o Papa, os seus irmãos na fé e com a realidade brasileira.

A agenda é muito cheia, mas poderíamos dizer, se divide em algumas partes importantes: 1. as celebrações e orações; 2. o estudo de documentos e sua aprovação; 3. as reuniões privativas dos bispos sobre assuntos importantes da vida da Igreja no Brasil; 4. as reuniões por regiões e regionais da CNBB; 5. a entrega dos prêmios da comunicação julgados pela CNBB, para artistas em diversos campos; 6. diversos encontros com pessoas de referência, e com instituições que trabalham em comunhão com a CNBB e outras. Assim, como podem perceber, a lista de trabalhos é imensa e exige muito de todos os participantes.

Marcam presença todos os Bispos diocesanos e auxiliares das dioceses do Brasil, como também, um bom grupo de Bispos eméritos que dão sua contribuição nos trabalhos e reflexões da conferência.

Ressalto alguns assuntos e documentos estudados e aprovados ou encaminhados na 54ª Assembleia deste ano:

a) As notas e mensagens sobre a realidade brasileira, no momento, e os estudos sobre a realidade brasileira e a realidade eclesial, especialmente através de dois documentos: “pensando o Brasil” e “o quadro religioso no Brasil”.

b) O estudo e aprovação do tema central da Assembleia: “Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade. Sal da terra e luz do mundo”. Tal documento foi estudado durante todo o ano passado e agora foi retomado e trabalhado em grupos e no grande plenário. Depois de muita reflexão e estudos, especialmente à luz do documento pós-sinodal “a alegria do amor” do Papa Francisco, foi aprovado pela Assembleia. Será impresso e será tema de estudos em todas as dioceses do Brasil, balizando a ação da Igreja para os próximos anos.

c) Estudo e aprovação de outros documentos: a tradução dos livros litúrgicos, temas de liturgia, temas da doutrina da fé, temas canônicos, “sobre a obrigatoriedade do matrimônio civil”, o dízimo na Igreja no Brasil, batismo de crianças adotadas por casais homoafetivos, questão indígena, a encíclica Laudato Si, os Protomártires do Brasil etc… Como veem, uma série de reflexões sobre temas de interesse de toda a Igreja e que tocam pontos fundamentais da fé, da doutrina, da disciplina e da pastoral.

d) Celebração do retiro dos bispos com o cardeal Gianfranco Ravasi, com o tema da misericórdia. Foram quatro grandes reflexões, muito bonitas e profundas. Depois, tempo para as confissões entre os Bispos, uma caminhada penitencial até a Basílica, a passagem da Porta Santa e a celebração Eucarística de encerramento do retiro espiritual.

e) Foram apresentados os diversos relatórios da CNBB pela presidência e pelas comissões. Tive a oportunidade apresentar o relatório do projeto “Comunhão e Partilha” através do qual, os Bispos do Brasil financiam e sustentam a formação de mais de 300 seminaristas de dioceses pobres do Brasil. Um projeto de Deus que ajuda a construir nossas comunidades e igrejas particulares.

E assim, poderíamos ir apresentando ainda muitas outras atividades, reuniões, estudos, encontros etc. Agradeço a Deus as orações que nossos diocesanos(as) fizeram pelos Bispos, tendo em vista a boa realização da Assembleia. Agora é aproveitar as riquezas que vem da Assembleia para aplicá-las em nossa realidade diocesana.

dom_cesar_teixeira_SDB

Dom José Valmor Cesar Teixeira, SDB
Bispo diocesano de São José dos Campos