Construindo o Plano Diocesano de Pastoral

dom-cesar-5Diocese SJC - Tivemos a alegria de celebrar a 4ª Assembleia de Pastoral, já bem noticiada, que foi um momento forte da vida de nossa Diocese. Agora, preparando as celebrações dos trinta e cinco anos de criação e instalação da Diocese, a partir das indicações decididas na Assembléia Diocesana, vamos iniciar a construção do Plano Diocesano de Pastoral.

O Plano Diocesano terá como pano de fundo as decisões, encaminhamentos e estudos do Sínodo Diocesano, realizado já há alguns anos.

O Plano será iluminado e organizado a partir das CINCO PRIORIDADES, cinco Linhas de Ação que foram refletidas, escolhidas e votadas na Assembleia Diocesana, a saber: a) FAMÍLIA; b) JUVENTUDE; c) PROCESSO CATEQUÉTICO, FORMADOR DE DISCÍPULOS MISSIONÁRIOS; d) DIMENSÃO SOCIAL DA FÉ; e) AÇÃO MISSIONÁRIA. Todas as nossas ações diocesanas, todos os grupos, pastorais, ministérios, serviços, comunidades, movimentos, irão trabalhar, nos próximos anos, a partir destas LINHAS DE AÇÃO e dos projetos que serão elaborados a partir delas. Isso significará estar em comunhão de vida e de ação com a vida diocesana, já que são decisões nascidas e aprovadas na Assembléia Diocesana.

Para animar todo o encaminhamento do Plano Diocesano, como também a animação diocesana da Pastoral, constituí, tendo ouvido o Conselho de Presbíteros, uma nova Equipe Diocesana, que se chamará ECOP – equipe de coordenação pastoral, que terá como membros: Pe. Edinei Evaldo Batista: coordenador; Pe. João Alves da Silva Sobrinho: Família;  Pe. Alexsandro de Brito Ramos: Juventude;  Pe. Thiago Domiciano Dias: Catequese; Pe. Geraldo Magela dos Santos: Ação Social;  Pe. Luís Fernando de Siqueira Fonseca: Ação Missionária. Assim, esta equipe coordenará e animará a Pastoral da Diocese e estará à frente da organização e da execução do Plano Diocesano de Pastoral.

Para que chegássemos até aqui, é bom recordar que a  4ª Assembleia Diocesana aconteceu entre os dias 12 e 13 de setembro de 2015 e a  1ª reunião da ECOP deu-se em 22 de outubro de 2015. Os próximos passos programados para a animação pastoral e organização do Plano de Pastoral são os seguintes: próxima reunião da ECOP: 01 de dezembro de 2015;  reorganização das Comissões diocesanas de Pastorais e Movimentos dentro das cinco linhas de Ação indicadas pela 4ª Assembleia: até o início de 2016; preparação do conteúdo a ser apresentado na formação que será oferecida aos CPPs, Presbíteros, Diáconos Permanentes, Conselho Diocesano de Pastoral e seminaristas, em 2016 (até o início de 2016).

Para ir dando conteúdo e visibilidade nesta caminhada, iremos aplicar as seguintes estratégias: a elaboração de uma identidade visual para o caminho pós assembleia (elaboração do Plano Diocesano de Evangelização e Pastoral); elaboração da 1ª parte do Plano: Visão, Missão e Valores (até o final de 2015); apresentação da 1ª parte do Plano e dos outros passos a serem dados aos CPPs, Presbíteros, Diáconos permanentes, Conselho Diocesano de Pastoral, Seminaristas: em data a ser agendada nos inícios do ano de 2016. Assim,  temos um bonito caminho pela frente, de trabalho, reflexão, oração e construção do Plano Diocesano de Pastoral. Todos somos chamados a colaborar, desde nossa ação eclesial, em nossas comunidades e a partir de nossas responsabilidades.

Quem, não participa, não está em comunhão e, portanto, não tem moral para reclamar dos outros ou de alguém. A comunhão e a participação são atitudes essenciais de quem confessa a fé em Jesus Cristo, Nosso Senhor. As comunidades cristãs, apresentadas nos Atos dos Apóstolos, eram comunidades participativas, acolhedoras, de profunda união e comunhão na fé e na ação pastoral. Creio que é isso que queremos realizar, também nós, em nossas comunidades, paróquias e Diocese. Coloquemos todo o nosso Projeto Diocesano de Pastoral nas mãos de Maria, mãe da Igreja e nossa mãe. Aquela que, com os Apóstolos, recebeu o Espírito Santo no dia de Pentecostes, para que todos se tornassem profetas e anunciadores do Reino, inaugurado por Jesus Cristo.

D. José Valmor Cesar Teixeira, SDB

Bispo Diocesano de São José dos Campos